Segmento: Espetáculos / Shows
Data:20/05/2016
Hora:21:00
Local:Teatro Rio Vermelho
Site:http://curtamaispormenos.com.br/goiania/oferta/234CD6C5E87D9FC81780
OBs.:INFERIOR PREMIUM ( FILAS A ATÉ M)- Inteira: 240,00 / Meia: 120,00 / PROMOCIONAL CURTA MAIS: 110,00
INFERIOR PLUS (FILAS N ATÉ T)- Inteira: 200,00 / Meia: 100,00 / PROMOCIONAL CURTA MAIS: 90,00
SUPERIOR CENTRAL – Inteira: 160,00 / Meia: 80,00 / PROMOCIONAL CURTA MAIS: 70,00
SUPERIOR LATERAL (ESQUERDO OU DIREITO) – Inteira: 120,00 / Meia: 60,00 / PROMOCIONAL CURTA MAIS: 50,00

maria-gadu-20052016

Este é o primeiro álbum de carreira que a cantora lança desde “Mais Uma Página”, em 2011, o que faz com que este novo trabalho, lançado pelo slap, seja aguardado com expectativa pelo público e crítica.Para Maria, a experiência musical e pessoal adquirida nestes quatro anos estão refletidas em “Guelã”. “É um disco diferente dos outros. Muita coisa aconteceu nesse meio tempo: viajei, fiz música lá fora e tive a oportunidade de conhecer outros artistas, de outras nacionalidades”, explica a cantora sobre as influências sob o novo trabalho. No início deste mês, Gadú revelou nas suas redes sociais, em primeira mão, a capa do álbum e lançou o primeiro single, “obloco”. Além disso, divulgou no seu site oficial – totalmente reformulado com a identidade do novo trabalho – a agenda da turnê Guelã, que passará por São Paulo, São Caetano, Salvador, Porto Alegre, Joinville, Curitiba, Brasília e Rio de Janeiro. A arte e concepção são assinadas pela cantora, Lua Leça e Luisa Corsini.

“Guelã” foi produzido pela própria Maria Gadú e contou com coprodução de Federico Puppi, que também participou da gravação do disco tocando cello e baixo. E, além dos vocais, a artista ainda assume a guitarra e o violão. O novo álbum foi gravado e mixado na Toca do Bandido, no Rio de Janeiro, por Rodrigo Vidal.

O novo álbum traz a identidade da cantora, que cuidou de cada detalhe. “É um disco feito a pouquíssimas mãos. Trabalhei meticulosamente em cima dele dentro de casa, com preciosismo e cuidado. Não é um apanhado de canções, todas elas têm a ver entre si. Nos meus outros lançamentos, desde 2009, trabalhei com pessoas muito boas, mas desta vez senti a necessidade de me desafiar e ver quem eu era. Foi muito legal e diferente. Nesse momento, eu sou exatamente o que está ali no disco”, revela a artista.

Quando: 20 de MAIO
Horário: 21h
Onde: Teatro Rio Vermelho